participacao 50porcentoPartindo da afluência dos eleitores verificada às mesas de votação, as plataformas de observação eleitoral conjunta, a Sala da Paz e a Monitor projectam a participação nas presentes nas eleições de 2019, em Moçambique, acima dos 50 por cento, facto que as leva a considerar este processo como exemplar.
De acordo com o informe apresentado na manhã desta terça-feira, em Maputo, a afluência dos eleitores a urna de votação mostra qua há uma tendência do crescimento da consciência política dos moçambicanos e a vontade de cada vez maior participar no processo de decisão sobre os destinos que o pais deve seguir.


“Não obstante a afluência de eleitores ter obedecido uma logica variada em diferentes momentos, tendo sido alta na hora de abertura e do fecho e relativamente baixa no período da tarde, a avaliação preliminar feita pela Sala da Paz e pela Plataforma Monitor, as perspectivas de participação indicam para mais de 50 por cento de eleitores”, disse Felicidade Chirindja, que falava na qualidade de porta voz da Sala da paz e da Monitor, tendo sublinhado que ainda neste aspecto, verificou-se com satisfação uma significativa participação de mulheres nas urnas, quer como votantes, Membros da mesa de votação e como observadores.

Para a Sala da Paz e a Monitor, “este processo eleitoral veio reforçar o compromisso do país em manter a regularidade na realização dos processos eleitorais desde 1994 o que mantem o país na linha dos países comprometidos com a democracia eleitoral e uma referência para o mundo”, considera Felicidade Chirindja.

No que tange as projecções de resultados preliminares, a sala da paz e a monitor, com base na leitura de editais enviados pelos diversos observadores espalhados pelo pais e dados apresentados pelos diferentes órgãos de comunicação social entende que “há uma tendência de vantagem para o candidato da Frelimo, Filipe Nyusi em relação aos seus concorrentes”.

“Os dados indicam o candidato Filipe Jacinto Nyusi com 72 por cento, seguido do Ossufo Momade com 21 por cento, Daviz Simango com 5,8 por cento. Estes dados vão variar à medida que forem sendo lançados os editais na plataforma”, disse Chirindja, para chamando necessidade de serenidade e calma aos eleitores e esperarem que os órgãos competentes para o efeito apresentem os resultados parciais e finais sobre o processo.

participacao 50porcento 1De acordo com estas plataformas, em termos de fecho, verificou-se que 75,8 por cento das mesas observadas fecharam as 18 horas e o processo de contagem iniciou logo depois do fecho da votação. Em 69,6 por cento indicam que havia luz suficiente nos locais de funcionamento das mesas.
“Constatamos, igualmente, que o ambiente a volta das assembleias de voto se manteve calmo em 92,2 por cento das assembleias observadas e 87,3 por cento de observados relatam que a qualificação da contagem de votos foi feita de forma neutra e imparcial”, indica o informa da sala da paz e da Monitor.

A Sala da paz e a Monitor mostraram-se, igualmente, preocupadas com algumas situações não abonatórias ao processo dos quais a prevalência de situação de insegurança na Província de Cabo Delgado, o que contribuiu para a não abertura de 5 assembleias de voto, nos distritos de Macomia, Mocímboa da Praia e Muedumbe, o baleamento mortal de uma pessoa na Escola Secundária Saão Vicente Paulo, em Nacala Porto. Em Angoche foi usado gás lacrimogénio na EPC de Namarire para dispersar as pessoas que estava no local para controlar o voto e três salas foram incendiadas. Na Ilha de Moçambique, no local onde o candidato da Renamo exerceu o direito de voto, houve agitação que depois foi controlada.

“Houve casos isolados de editais na Beira e Chimoio ondem o número de boletins de voto era acima do número de eleitores, a situação de impedimento dos observadores de fazerem o seu trabalho em algumas assembleias de voto na Zambézia, Manica e Tete, sendo que dois observadores da Sala da Paz chegaram a ser detidos em Cahora Bassa e mais tarde restituídos a liberdade”, indica o informe daquelas plataformas de observação eleitoral conjunta.

Outras inquietações referem-se a detenção de alguns delegados de candidatura da Nova Democracia (ND) foram alegadamente porque tinham credenciais falsos, facto que de seu na Escola do IMCC e Escola Primária do 1º e 2º graus, Bairro 4 da cidade de Chokwe, província de Gaza. Nesta escola até as 18 e 50 minutos havia uma fila de mais de 100 eleitores.

mapa saladapaz

Sala da Paz. Todos Direitos Reservados

Moçambique - Maputo

Tel: +258 84 306 6565 | Mail: saladapazmoz@gmail.com

Criação e implementação: DotCom