A garantia foi dada pelo Embaixador e Chefe da Delegação da União Europeia (UE) em Moçambique, António Sanchez-Benedito, no decurso da apresentação do relatório final de observação eleitoral daquele organismo de integração regional, ontem, em Maputo.


"Na minha opinião, as relações saem reforçadas e fortalecidas", afirmou Sachez-Benedito, respondendo à perguntas de jornalistas.
"Apesar do relatório ser muito crítico, a observação foi feita mediante um convite no âmbito das relações de cooperação. Igualmente, existe um interesse (por parte das autoridades moçambicanas) de continuar a trabalhar para a implementação das recomendações ", clarificou o Chefe da Delegação.

Segundo a fonte, a União Europeia continua engajada com Moçambique e vai continuar a ser um parceiro financeiro e político pois há vontade dos dois lados em se avançar na cooperação.

"Questões ligadas aos direitos humamos fazem parte desta relação (UE vs Moçambique), por isso a UE reagiu logo a seguir ao assassinato de Anastácio Matavel e vai continuar a seguir o caso", declarou Sanchez-Benedito, para quem não deve haver impunidade dos autores do assassinato.

mapa saladapaz

Sala da Paz. Todos Direitos Reservados

Moçambique - Maputo

Tel: +258 84 306 6565 | Mail: saladapazmoz@gmail.com

Criação e implementação: DotCom